50 ANOS FUGABC


A Federação Umbandista do Grande ABC comemora em 13 de maio de 2022 – 50 anos de existência. Neste meio século de vida, presenciamos muitas mudanças no cotidiano do brasileiro, desde a crise econômica do Plano Collor até a tragédia da pandemia da Covid-19 que ceifou a vida de mais de 600 mil brasileiros, resistimos e perseveramos a todas as intolerâncias, incompreensões e ingratidões e também celebramos reconhecimentos, conquistas e união de toda a comunidade umbandista e de outras religiões de matriz africana que lutaram ao nosso lado todo este tempo.

Trabalhamos ativamente pela defesa dos nossa querida Umbanda e fizemos história, o que nos motiva e alegra, em saber que nossa estrada construída contribuí ativamente com tantos sacerdotes, filhos de fé e pela divulgação da nossa amada Umbanda. Desde a divulgação pioneiro de Zélio de Moraes e do Caboclo das Sete Encruzilhadas na TV e no Rádio na década de 1970 até a participação ativa em Fóruns, Mesas e Movimentos de Defesa da nossa religiosidade.

Formamos mais de 5 mil sacerdotes de forma presencial, em 30 Barcos de Formação Sacerdotal (o primeiro instituído no país); regulamentamos mais de 2.500 tendas de Umbanda; atendemos mais de 1 milhão de pessoas gratuitamente em nosso Templo-Sede, a Casa de Pai Benedito de Aruanda em São Caetano do Sul.

Idealizamos, cuidados e regamos de cada plantinha do Santuário Nacional da Umbanda e conseguimos o reconhecimento dele como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de São Paulo. Contribuímos para o reconhecimento do Dia da Umbanda e tantas outras iniciativas que hoje fazem parte da história de nossa religião.

GT do Tombamento no dia da aprovação, no CONDEPHAAT em fevereiro 2019

Foto: Facebook.com/gtterreirostombadossp

Realizamos por 30 anos consecutivos a Festa de Iemanjá em Mongaguá, local onde conseguimos a concessão para a colocação da imagem de Iemanjá no local e só paramos por causa da pandemia, mas este ano retomaremos os festejos.

Dia 13 de maio é o dia que celebramos os nossos amados pretos velhos e não podemos deixar de citar Pai Benedito de Aruanda, Guia-chefe da Coroa de Pai Ronaldo Linares e certamente o grande responsável por detrás de todos estes feitos da Federação. Salve Pai Benedito, Salve todos os Pretos Velhos!!!

Por estas e tantas outras conquistas, a Federação Umbandista do Grande ABC, o Santuário Nacional da Umbanda e a Casa de Pai Benedito de Aruanda, Babalaô Ronaldo Linares, Babá Dirce, parabenizamos a todos os nossos colaboradores, amigos, filhos de fé, irmãos de caminhada, a todos os religiosos e simpatizantes que escreveram conosco esta história inesquecível. Nosso muito obrigado e nosso sarava fraterno!

Siga-nos nas redes sociais
error
fb-share-icon